sábado, 30 de novembro de 2013

Hoje é sabado? ah poizé...

hoje parece sábado.
é sábado?
ah é?
então deve ser por isso q parece sábado.
né?

tou de volta de umas lembranças de natal para a famelga...
e tenho roupa para arrumar...
e devia de ir fazer a arvore de natal q estranhamente este ano n me apetece...

e estou sentada no sofá de pernas cruzadas a pensar q os meus tvcines dizem q n estão subscritos e eu n quero ir ligar para a zon porque n ando a tomar o calmante da manhã (para ir removendo aos poucos) e acho que me vai saltar uma veia de ligar para lá...

devido á incompetência e o meu gritar histérico e tal...
por isso...
é sábado né?

pois....

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Vamos a planear aproveitando as dicas, panfletos e antevisões (links de blogs que consulto estão na barra do lado)

Ora bem, para que não digam q eu não aviso e informo, vou dizer-vos aquilo que sei e naquilo q me vou basear para fazer as poupanças, mesmo q n tenham vales, podem sempre ser inteligentes.

Já todos sabem onde ver as promoções do PD semanais certo?
http://pdflipbook.pingodoce.pt/flipbook/EstaSemana_PtContinental_26Nov2Dez/index.html

E agora deixo algumas antevisões, que na sua maioria estão certas, mas claro que não se dão garantias sem confirmar na loja, ainda assim, nunca o vi errar, e planear com conhecimento é sempre bom.

CONTINENTE:

- Dias 29 e 30 Novembro - 50% Desconto Direto Toda a carne de Bovino"
- Dias 29 Novembro a 2 de Dezembro, Leve 2 Pague 1  nos 2 artigos abaixo:" (consultem o link http://cacapromocoes.blogs.sapo.pt/1530933.html )

- Dias 29 Novembro  a 7 Dezembro - 25% Desconto Caixas de cartão Natal
- Dia 30 Novembro - Todos os Ovos Frescos com 50% Desconto Imediato"
- Dia 30 de Novembro, 50% desconto Imediato em Todos os Detergentes Loiça"

- Dias 30 Novembro a 1 Dezembro, 50% Desconto em Bolachas Loacker (abaixo)":
Bolacha quadratini chocolate negro Loacker250gr
Bolacha Wafer Napo.Loacker 250gr
Bolacha Wafer Choc.Loacker 250gr
Bolacha Quadratini Amendoa Loacker 220gr

- Dia 1 Dezembro, 50% Desconto Direto em Todo o Bacalhau Ultracongelado Marca Continente"
- Dias 2 e 3 Dezembro - 50% Desconto Direto em Todos os chocolates Snickers
- A partir Dia 3 Dezembro ( no próximo folheto)  Peito de frango embalado em vácuo a 3,99€ (super preço)



Visitem SEMPRE os sites dos vossos supermercados, todos terão de certeza online o panfleto com as promoções da altura e planear é metade do ganho!!! Depois n venham dizer q eu descubro isto e aquilo, o q eu faço é pesquisar bastante nas horas nocturnas e por exemplo, amanhã vou comprar o detergente da loiça porque amanhã vai-me ficar cada fairy a 74 centimos!

Breve (ya right...) explicação sobre o porquê de...

Porque é q será q eu escrevo e permito a tanta gente que nunca na vida vi ou irei ver ou conhecer, e alguns não poderiam estar mais distantes social, física ou intelectualmente distantes… porque me permito ao julgo de um universo que não me diz nada? Porque me exponho?

Se acham estranho, e só porque há quem ache e sei que há porque eu mesma se não fosse comigo, também acharia estranho… por esses, eu explico.

Ponto 1 e este é meramente egoísta e meu:
Como forma de purga e descarga. Desde pequena que a forma que aprendi e arranjei para ultrapassar adversidades ou momentos de grande saturação emocional psicológica, tudo… é ventar. Mas ainda que pareça, não sou de sair ao murro e pontapé. Sou, acreditem ou não, bastante zen comigo mesma e se me permitirem, com o mundo em geral. Sou uma flower child que simplesmente nunca se ficará sem dar resposta ou troco. Calma mas não mansa, que fique bem entendido.
Aprendi que ou rebentava, ou expunha. E sempre adorei ler e escrever, tenha jeito ou não tenha jeitinho nenhum para a coisa, faço-o com prazer, para mim e por mim. O que me leva ao ponto 2…

Ponto 2 e este é quiçá mais complicado de explicar..
Para ajudar porque eu procurei ajuda e não achei, e não quis nem quero que mais alguém passe por esse sentimento solitário que é o de se sentir sozinha e desamparada no escuro de algo assustador e novo.

Ora vejamos como explico. Deixem-me organizar as ideias… é cedo e está frio, mas ando há 2 dias para escrever isto, é uma daquelas coisas que tem que sair ou vai ficar a empatar cá dentro.

Acredito que conhecimento e compreensão ajudam no processo e aceitação ou até em lidar com o que quer que seja novo ou diferente ou difícil que nos surja pela frente. Sei que há quem prefira esconder a cabeça dentro de um vaso e esperar que a chuva passe, mas a única coisa que consegue é molhar o rabo e apanhar frio porque há pessoas e situações em que a chuva nunca passa realmente.

Ser insuficiente renal, ter uma doença ou sintoma renal, seja ele qual seja, seja alguém que precise de diálise ou não, seja transplantado ou não, tenha nascido com esta condição ou tenha descoberto ou desenvolvido ao longo da vida ou o que seja… é SEMPRE violento.

Ainda hoje sinto ao falar com quem não conhece o significado de nefrologista ou quem perante a questão insuficiente renal responde “devias de beber mais água”..  sinto que mesmo que explique, nunca irão entender verdadeiramente. E aqui não quero que quem se enquadre nestes parâmetros sinta que estou a puxar o escudo especial que os IRC’s usam, porque não estou, mas é uma realidade. E eu aceito-a porque eu mesma antes de saber e compreender, não fazia a mínima ideia do que era diálise, hemodiálise, importância dos rins ou o que seja…

E é normal infelizmente, porque existem milhares de órgãos e células em nós e biliões de possíveis doenças ou sintomas ou patologias e nenhum de nós as reconhece ou conhece intimamente a não ser que se veja confrontado com elas. Mas é normal, é assim que é… ou andávamos todos com um armário acoplado ao cérebro com tanta info.

Dito isto, entrar e viver neste universo é solitário.
Por mais apoio, por mais protegido, por mais carinho que nos seja dado e por maior e melhor comunidade de apoio que nos rodeie.. estamos sempre algures entre viver em terra firme e viver num pedacinho de gelo apenas com espaço para estarmos de pé e pouco mais. Era especialmente esta última imagem a que eu invocava imensas vezes durante o tempo em que fiz diálise. Não me perguntem porquê e prometo que não me surgiu agora por causa do frio que temos tido.. era mesmo esta imagem.

Um pedaço de gelo pequeno, sem possibilidade sequer de nos podermos sentar e descansar, afastados de todos, estilo em alto mar.. e por mais que nos tentássemos aproximar da costa, uma ligeira brisa afastava-nos ainda mais. Uma sensação semi permanente de tristeza, solidão, desamparo e cansaço. E depois passividade. Porque com o cansaço vem a passividade. O acto de quase desistir sem desistir. Aquele timeout para reagrupar algumas forças e aguentar a espera.

Sim, porque esperamos sempre. Nunca ninguém realmente desiste e isso aqui neste texto merece uma lamparina. Sim. Uma lamparina!


Porque por mais que custe, nenhum de nós desiste mesmo. Amigos, digam o que disserem, quem desiste morre e se estas a ler, se eu estou a escrever, se continuas a mexer, falar, ir a diálise, resmungar, gritar com médicos, com amigos, família, etc… é porque ainda vives. Mesmo que chores, mesmo que andes desanimado, estás cá. Não desististe. Desistir é escolher morrer e nenhum de nós escolheu isso. Há infelizmente quem não tenha escolhido e já cá não esteja, mas também a eles e elas ergo esta lamparina, porque NÃO DESISTIRAM! E para mim, isso vale (tapem os olhos os mais chocados mas a palavra que quero usar é mesmo esta!!!) colhões de importância!!!

Sei que o pedaço de gelo é solitário porque ainda me encontro lá ás vezes. Com o transplante e mesmo antes, em algumas alturas de pura calmaria e equilíbrio físico emocional tudo.. parecia que alguém fazia surgir uma pequena ponte de ligação ao continente do meu universo e alguma paz e estabilidade e tempo de descanso surgia. Mas a qualquer momento, fosse porque fosse, voltava para aquele pedacinho de gelo. Fosse eu mesma que lá me colocasse, fosse alguma força que para lá me empurrasse.. voltava ao meu gelito e a ponte desaparecia e a espera, o cansaço, a solidão voltava.

Temos que aprender a usar esse tempo e essas alturas de solidão de forma produtiva, porque a ponte que nos trás o descanso existe. Pode ser rara, pode ser tardia e breve, mas existe e surge. São amigos, são familiares, são aquelas palavras ou aquele gesto, são momentos de carinho de paz, de felicidade, são as coisas mais pequeninas, os actos mais mínimos, mas existem.
Temos que saber que eles existem e compreender que a espera existe e aceitar ambos tal como aceitamos que depois de cada lua vem um sol e continuamente.

Por isso, eu exponho-me e continuarei a fazer porque não me sinto exposta. Sinto que consegui transformar o meu pedacinho de gelo num T0, com algum espaço para que, mesmo sem puder descansar, ter algum conforto e trazer algum conforto ou entendimento a mais pessoas que estejam nos seus pedacinhos de gelo, e quando por acaso nos cruzamos neste mar gigantesco e gelado que se chama insuficiência renal (ou qualquer derivativo de uma patologia nefrótica) podemos acenar, com cuidado para não desequilibrar o pedacito de gelo, e sorrir e quem sabe trocar algumas palavras e sentir, por alguns segundos uma pequena ponte entre dois pedacitos de gelo e descansar.

Prometo deixar de escrever quando desistir. E nunca na minha vida desisti do que quer q seja e nos meus milhares de defeitos, esse não consta garanto.
Podem haver alturas tal como já aconteceu, em que possa escrever mais ou menos, melhor ou pior… mas desistir, jamais.

Por isso, ergo a minha lamparina e quando se sentirem desamparados, solitários e esquecidos, seja no meio de uma má noticia, mau momento, internamento, operação, diálise, o que seja.. lembrem-se que o meu pedacinho de gelo continua a deriva e quem sabe, encontramo-nos. Eu sou a maluquinha com a lamparina, sou fácil de encontrar ;) 


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

8ª Consulta - mtas primeiras vezes

Acabada de chegar da consulta…
Ora vejamos, foi uma consulta de muitas primeiras vezes…

- 1ª vez que fui e vim sozinha da consulta, o Tó n foi ter comigo desta vez.
- 1ª vez que todos os medicamentos foram alterados, neste caso baixaram a dosagem do tacrolimus, do myfenax, da cortisona, do pantoprazol e tirando o antibiótico que já de si é metade de um inteiro, tudo baixou, o que é bom, analises com (como disse a doutora) “valores melhores que os meus!” – a doutora q me viu hoje teve problemas renais pós-parto.
- 1ª vez que alguém que nunca vi na vida , estando sentada ao meu lado me pergunta pelo primeiro nome se vou ter consulta… o.O ... tenho q deixar de me xibar de tudo e colocar fotos no face.. qualquer dia fazem-me uma espera :p até pelo meu anel que coloquei foto ela confirmou que era eu!

Tive na amena cavaqueira com uma querida que foi um prazer gigantesco conhecer do virtual para o real e um grande boost de energia no meu dia de consulta que normalmente é cansativo que foi a linda Isabel Maçarico e a mana dela Ceu Maçarico que foram, tal como muitos, em busca do raio das receitas e medicamentos que só mensalmente são disponibilizados… ambas transplantadas renais e com longos anos de sucesso que se irão somar sempre e sem duvida a muitos mais.

Descobri que a menina Isabel tem uma longo historial de problemas renais, e que com essa grande experiência vem uma pratica que vi uma vez feita por um senhor indiano que veio fazer férias na minha ex-clinica de diálise : auto picarem-se para a diálise.... até me arrepio só de pensar. Agulhas e eu : NOT!!! STILL NOT!

Tive ainda direito a boleia com um casal amoroso que mora aqui perto e o qual infelizmente ao fim de 11 anos de transplante, ainda vai ás consultas no máximo do máximo de 2 em 2 ou 3 em 3 meses... diversas dificuldades com dosagens e medicamentos, más reacções, sequelas de anos de dialise com peso a mais para cada sessão.. etc etc... :/ A lista de medicamentos que ele toma por dia é maior que a minha lista das compras ás vezes...

E chegando a casa, tenho já um dos prémios que ganhei no passatempo do sapo mulher.

Uma coisa que estraga o meu dia foi chegar a casa com uma baixa mal passada e em papel e até ao momento ainda não me terem ligado a confirmar se conseguiram repassar a baixa informaticamente e de forma correcta ou se tenho que amanhã stressar e tentar fazer o milagre de entregar a baixa dentro dos 5 dias úteis desde o dia em que terminou a outra (o 5º dia útil é amanha!!!)… sobre isto fico ainda sem saber.... vamos não pensar nisso por agora. Pelo menos por hoje...

Como não me apetece escrever mais e pedi a folha com o resultado das analises á doutora e ela foi uma querida e deu-mas, pedi ao meu moço para as digitalizar e aqui seguem para os mais curiosos ;) sabendo que só um transplantado as irá verdadeiramente entender. O que acham hein? ;)




Próxima consulta dia 10 de Dezembro, não deu para espaçar muito mais porque com estas alterações todas, tem que se ver se o organismo reage bem e como depois se mete o natal, é para casar as consultas, entenderam? :p

Ah, a única coisa mesmo negativa foi a minha doutora Rita Calha estar dói-doi e não ter tido consulta com ela, mas a colega pesou-me naquela maquina maravilha e tenho o papelito pra entregar a minha doutora dia 10 que vem. Negativo porque ela está doente e porque gosto de conversar com ela, apenas isso fique bem frisado :).

E pronto, sob pena de continuar a habituar-vos mal com registos diários que vocês queixam-se mas adoram ;) o resultado da consulta de hoje foi: positivo!

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Frango guisado com esparguete (fácil e na panela de pressão)

Frango guisado com esparguete na panela de pressão



Usei:
frango pedaços
esparguete
cebola picada
tomate picado
vinho branco
sal ou tempero galinha
oreganos suldouro
tomilho suldouro
pimenta 5 especiarias suldouro
alho granulado suldouro
polpa tomate
água

Frango e todos os temperos na panela de pressão durante 30m, deixa esfriar, remove tampa, junta esparguete confirma q tem molho suficiente e verifica tempero, junta mais um pouco de oreganos e alho e volta ao lume (sempre lume brando) uns 10m. Desliga e deixa ficar (sem destapar) a repousar uns 30m e servir.

E claro, com o patrocinio dos mimos da Suldouro - Navires :)

Testemunho e Opinião: OBRIGADA SULDOURO :)

Vejam os mimos que recebi da Suldouro - Navires

Estou sem palavras, eles são incríveis, estou aqui em choque a olhar para tudo e a babar-me de ansiedade e felicidade em experimentar tudo!!!
Tem um cheirinho, vocês não imaginam!!!

Agora sim é que eu me vou rebarbar com estes mimos de qualidade e excelência superior.

Não conhecem a Suldouro? Pois deviam!!!
Passem no face : https://www.facebook.com/pages/Suldouro-Navires/282742885189087?fref=ts
Ou visitem o site: http://suldouro.com/home.asp

E se forem de Vila Nova de Gaia, passem pela sede deles e deixem um gigantesco beijinho da minha parte!!! 
Acabei de personalizar uma caixinha para guardar as especiarias lindas que recebi.

:)

Filetes de peixe gato riscado com arroz especial e feijão encarnado (patrocinio Suldouro)

Almoço de hoje, com o patrocínio da Suldouro - Navires

Filetes de peixe gato riscado com arroz especial e feijão encarnado

Usei: 

arroz branco
filetes peixe gato riscado 
moinho de 5 pimentas suldouro, 
alho granulado suldouro
pimentão doce suldouro
ervas provence suldouro
oreganos em folhas suldouro
sal e azeite e presto!!!

Fiz o arroz como de costume, mas juntei na água da cozedura oreganos, alho granulado e sal.
No feijão, coloquei azeite, alho granulado e pimentão doce e juntei o feijão.. antes de servir, coloquei ervas provence que dá sempre aquele cheirinho e sabor divinal!

Os filetes foram fritos em menos de 1 colher de café de azeite, frigideira bem quente. Temperados com sal, alho granulado, pimenta 5 especiarias e bastante ervas provence!

Eu as pimentas gosto sempre de usar em moinho porque parece-me, pelo menos é assim que noto, que o sabor fica mais fresco, mais apurado e o aroma quente sente-se mais sem termos que estar a queimar a boca. Cá em casa não gostamos de picante, mas uso pimenta 5 especiais em quase tudo ;)




Delicioso!! 

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Economia Domestica Inteligente (fim de Novembro, inicio Dezembro)

Muitos brincam, gozam, fazem piadas e perguntam mesmo interessados… outros desconhecem, ignoram, nem querem saber mas ficam um pouco perplexos quando mostro os talões das compras q faço.

sim, uso vales. E só lamento n conseguimos em Portugal achar mais ou de que não existam mais facilidade por parte das marcas em emitir ou fazer chegar aos consumidores os referidos vales. Malta, vales são dinheiro. É dinheiro que poupam, e esnobar 20 ou 30 ou 50 cêntimos é parvo, porque já diz o ditado, “de grão a grão enche a galinha o papo”.

Deixo-vos aqui abaixo umas imagens de uns talões recentes.




E deixo-vos já um link onde poderão consultar uma ferramenta que vos vai ajudar na economia domestica inteligente para o fim de Novembro e inicio de Dezembro (em alguns casos até poderá ir mesmo ate meio de Dezembro ou apanhar o natal se considerarem promoções de brinquedos e tal) : os folhetos.

Como nem todos recebemos folhetos em casa e muitas vezes nem lhes ligamos atenção a não ser quando estamos na toillet, existe a possibilidade de online consultarem em primeira mão e permanentemente os folhetos com as promoções da altura ou época ou semana, de qualquer hipermercado. Por isso, se estão no norte, sul, continente ou arquipélagos, podem sempre ter acesso a info das promoções de imensos hipermercados, porque claro esta, nem todos temos acesso geográfico aos mesmos hipermercados.

Ferramenta: 
(uma das várias q uso e já deixei há uns dias alguns links aqui no blog)
 
Estes são os folhetos dos melhores hipermercados e lojas do país, com promoções válidas durante a próxima semana.

Consulta a lista de folhetos disponíveis para esta semana, e clica naqueles onde costumas fazer as tuas compras.

Uma boa pesquisa pode resultar numa poupança de muitos euros por semana!

Folheto Continente com promoções válidas de 26 de Novembro a 2 de Dezembro de 2013

Folheto CONTINENTE Saudável até no Preço!

Folheto Continente "Saudável até no preço" com promoções válidas até 1 de Dezembro de 2013

Folheto Pingo Doce com promoções válidas de 26 de Novembro a 02 de Dezembro de 2013

Folheto PINGO DOCE Alimentos Essenciais!

Folheto Pingo Doce Alimentos Essenciais com promoções válidas até 5 de Dezembro de 2013!

Folheto Intermarché com promoções válidas de 26 de Novembro a 2 de Dezembro de 2013

Folheto E. Leclerc com promoções válidas até 15 de Dezembro de 2013

Folheto MINIPREÇO de 14 a 27 de Novembro!
Folheto Minipreço, com promoções válidas de 14 a 27 de Novembro de 2013

 
Folheto Supermercado EL CORTE INGLÉS até 12 de Dezembro!
Folheto Supermercado El Corte Inglés com promoções válidas até 12 de Dezembro de 2013

Folheto Jumbo BOX com promoções válidas até 31 de Dezembro de 2013

Catálogo de Natal Toys'r'us  até 8 de Dezembro!
Catálogo de Natal Toys'r'us com promoções válidas até 8 de Dezembro de 2013!

Catálogo de Natal WELL'S  até 31 de Dezembro!
Catálogo de Natal WELL'S com promoções válidas até 31 de Dezembro de 2013!


Folheto BRICOMARCHÉ até 08 de Dezembro!
Folheto Bricomarché com promoções válidas até 08 de Dezembro de 2013!

Catálogo Decoração LEROY MERLIN!
Catálogo de Decoração Leroy Merlin com ideias para decorar a sua casa!


Folheto Lojas CASA até 31 de Dezembro! 
Folheto Lojas Casa com promoções válidas até 31 de Dezembro de 2013



Agora, toca a pesquisar, comparar preços e aos poucos criar um plano de compras que vos permita, sem grandes viagens ou sequer chatices, comprar o que precisam ao preço mais baixo sempre!

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Constatação e realização sobre o "centro do universo"



Apercebi-me hoje de uma verdade que nem sempre associamos ou realizamos. A doença, o estado estar doente, é a forma mais justa e equilibrada de ser. Querem que explique? Com certeza…. A doença, ou na doença, não há distinções. Não interessa se tens dinheiro ou não, se és homem ou mulher, alto baixo, gordo magro, branco amarelo preto rosa, etc… a doença quando há é pra todos e qualquer um. 

Isto engloba características menos físicas como feitios e personalidades. Por exemplo, no meu caso, a doença existe nas pessoas com mau feitio , teimosas, inquisitivas, perfeccionistas, etc… e descobri ou apercebi-me da realidade que a doença existe também para pessoas que pensam que nasceram no centro do universo ou que são donas da verdade ou que tudo aquilo que lhes aprouver cuspirem do hipotálamo afora é para ser ACATADO como a verdade universal e real que a sua real sabedoria de digamos… uma década, lhes possa trazer. Esquecendo claro que muitas dessas pérolas PODERÃO não se adaptar em nada a outras pessoas, especialmente quando os profissionais médicos que seguem as outras pessoas lhes dão indicações opostas ou diferentes.

Portanto o que fazer? Seguir ou melhor, ACATAR as pérolas desses seres iluminados, ou seguir as indicações dos imensos profissionais que seguem um doente na sua viagem pela doença? Como diriam os ingleses… a true conundrum in fact.. 


Ou não. No meu caso, não. Nunca!! Nem dois segundos mais.
Pérolas? Não gosto, por isso fique com elas. As opiniões escolho as dos profissionais e não as de alguém que acha q uma década de seguir as indicações medicas que lhe dão, sem sequer se educar convenientemente sobre a sua doença é o factor que a coloca acima dos restantes. Posso não ter uma década mas ainda lhe ensinava algumas ou muitas coisinhas.

E tal como disse, é de MUITA falta de respeito e educação, tendo em conta que todas as suas opiniões ou dicas ou conselhos eram para criticar, assustar ou estragar qualquer situação, levando sempre atenção para si mesma (dai a cena do centro do universo e tal) ou rebaixando baixando qualquer possibilidade de diversão ou bom clima entre os restantes.

Se quer ser medica e cuspir pérolas, não use a sua década de acatar ordens medicas, ESTUDE E TIRE UM CURSO DE MEDICINA, DE PREFERÊNCIA NA ESPECIALIDADE QUE SABEMOS!

E como disse, obrigada, porque fez-me um favor que um dia quem o faria era eu, remover uma presença negativa de perto de mim. Seja por isso mto feliz e dispenso a forma como me desejou “sorte” e gabou a sua “década de sucesso”, mas aviso já  que a vida é karma e o que desejamos aos outros, volta para nós, por isso se estava a rogar pragas ou má energia, cuidado com o que recebe em dobro…

ah e bem vinda ao meu bloqueio ;)

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Feelings...

Quando a vida apenas nos deu porrada, aprendemos a reagir agressivamente a tudo e todos, mas um acto de amor e respeito pode mudar as maiores montanhas de sofrimento, e todos merecem uma 2ª oportunidade..


Temos q saber e esperar conseguir encontrar aquela pessoa com o coração capaz de arriscar em dar uma 2ª hipótese... infelizmente nem sempre existe alguém disposto.
 Pensem nisto da próxima vez. 

Blogs para Dicas como Poupar

Os meus favoritos sem duvida!!!

Visitas diárias várias vezes ao dia cá em casa!!!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

O meu testemunho : O meu acesso para dialise - a minha fistula

Seguindo o exemplo da Sónia (ver e visitar o blog sff: http://starlightsonia.wordpress.com/2013/11/18/segunda-fase-do-novo-acesso-done ), vou deixar o que acho que nunca deixei, a descrição do que foi construir o meu acesso e no final, deixo até foto, heiiiinnnn.... simpática q eu sou pah!!

Para quem tiver ido ler o relato dela, posso adiantar que somos gémeas no q descreveu sobre a construção e superficialização da sua veia. Já agora, deixem-me que vos diga que gostei bastante da forma como descreveu para os leigos nestes assuntos de nefrologia ou dialise a forma, funcionamento e descriçao de um acesso. Eu pessoalmente costumo apenas dizer que é uma junçao de veia e arteria para criar uma super veia q aguente o fluxo de sangue na maquina de dialise, e q o vibrar é o sangue a passar. Ah, e depois meto a mão da vitima a tocar no local da construção da fistula que é onde se sente em maioria o vermito ou vibrar e fico a observar a cara de panico hihihihihihi e quando perguntam o que é, digo que é UM BIXOOOOO!! hihihih

Bem, mas eu fiz a minha fistula já tinha o cateter há mais de 1 ano, bem me diziam que devia de fazer rapidamente, pelos riscos de ter um cateter central (foco de infecçoes, gestao de higiene pessoal, maior liberdade etc e tal) mas eu , pensando e estando em processo de doaçao dador vivo com o Antonio, pensava sempre que seria rapido e nao valeria a pena passar pela tortura de fazer uma fistula, cicatrizes operaçoes e tal...

Acabei por acordar pra a realidade e fiz a fistula. Todas as minhas operaçoes relativas a minha doença renal foram sempre no Hospital Santa Cruz e só posso da louvores de excelencia a todas as equipas sempre! Pois fiz a fistula, e tendo eu um cateter funcional e bem tratado (banhinhos á gato e extra cuidados sempre) pude esperar 3 meses para ser picada, deixando-a desenvolver bem. 


Logo na primeira dialise que foi feita com uma unica agulha e o fluxo da maquina a 150 (quando o normal pode ir de 350 para cima, dependendo do que o sistem e constituiçao de cada um aguenta claro) e meu deus... hematoma subcutaneo e deixem-me que vos diga, já senti muita dor e nao sou piegas, aguento bem com dentes cerrados e punho fechado mas só de lembrar a dor... fiquei com um hematoma gigantesco na dobra superior do braço q demorou nem sei quantos meses a baixar...  

Depois para se perceber como raio estava isto cá por dentro, fiz uma fistografia (basicamente é como se fosse um raio-x a constituição das veias e artérias do braço e da fístula, onde normalmente somos picados é injectado um corante que ajuda a mostrar como funciona o fluxo do sangue no nosso sistema durante a diálise, no meu caso devido ao resto do hematoma que ainda existia, nem deu para fazer como deve de ser o exame) e q mostrou veias fundas, q se desviavam e passavam por sitios q nem lembra ao diabo... imaginem vocês q até por debaixo do meu cotovelo!!! Dai ter tantas dores na ultima hora da dialise... e chegar a ficar com o braço dormente, em parte porque a minha neurose de ter as agulhas gigantescas picadas, eu nem mexia o braço mas pronto...

Decidiu-se entao que devido a ter as veias tão profunas, ter-se-ia de fazer uma superficializaçao da veia q pelo q li do relato da Sónia, nao foi tão complicada como a dela, mas que tal como ela disse lembro-me bem dos comentários e do cheiro a porco queimado (a anestesia é local) e de q mesmo com anestesia local, tu sentes o puxar e repuxar deles a fazer nao sei o quê e honestamente, n quero nem saber... aqui a ignorance é mesmo bliss.


E 4 meses depois, lá ficou tudo a funcionar e ainda durou 1 ano e meio até o rim surgir e aqui esta ainda hoje, sendo que não me incomoda tanto, já me habituei, e só será desligada se for desenvolvendo muito por si mesma com o tempo e causar algum risco ou problema cardiovascular, porque mesmo sem uso constnte, nao deixa de ser uma superveia. 

Tive a sorte de nunca ter ficado com batatões gigantescos como muitas que se costumam ver, tem umas batatinhas assim tipo noisettes talvez porque sempre foi picada com duas agulhas para cima e não cruzadas, devido a ficar tão proxima da dobra do braços, e porque teve apenas 1 ano, 1 ano e meio mais ou menos de trabalho. Uma pessoa que tenha um acesso durante muitos anos desenvolve cada vez mais os locais das picadas e dai os altos. Não se esqueçam que somos picados com umas senhoras donas agulhas, dia sim dia não. 

No inicio chegou a existir uma altura em que as cicatrizes me incomodavam, mais pelo efeito de saber que a minha carne tinha sido cortada e cozida e tal do que o efeito visual. Quem me conhece sabe que não sou cá paneleirota com as situações estéticas. Podia estar morta, por isso se formos a ver, ter cicatrizes é sinal de vida, vivi, sobrevivi e estou aqui. Caguei pó estético. Uso-as como diriam os ingleses "badges of honour".

Fiz diálise 3 anos e meio, do dia 12 de Março até dia 12 de Setembro, 70% desse tempo por um cateter central que ainda que muito incomodo visualmente e para dormir, usar roupa, tomar banho e até em algumas alturas quando era limpo e desinfectado antes de me ligarem á maquina, um pouco doloroso... mas nunca tive infecções ou o que seja, sempre tive extra cuidados e sempre se manteve até ao dia em que foi tirado e essa historia fica para outra altura porque isso sim foi um verdadeiro pesadelo. Acho até que algures no blog já contei isso... procurem nos arquivos ;)

E pronto, deixo aqui duas fotos, ambas tiradas agora, uma é a do meu braço como ficou, o corte de onde foi criada a fistula logo a seguir ao cotovelo na parte inferior do braço e os dois cortes acima onde foram feitas as superificializaçoes da veia para que ela funcionasse bem. As picadas são aqueles dois altos que se veem no meio que não são muito grandes como podem ver.



E a outra foto é a da marca que me sobrou do cateter quando foi removido. 

 

Um dia quem sabe, deixo aqui a cicatriz da transplantação do rim.... mas não faço cá promessas que essa ainda que, pelo que vi, esteja até bem bonita para a cicatriz que é, é numa zona "complicada" de andar a tirar fotos :p

AH, sem me esquecer de referir que isto é um acesso, uma fístula. Mas também se pode fazer diálise através de uma prótese, aonde ai é inserido um tubo no braço e as veias são ai inseridas, sendo posteriormente picado o tubo. Normalmente esse tipo de acesso é apenas feito quando a possibilidade da fístula não é viável, e pelo que vi e disseram-me quem tem próteses, os altos não acontecem tanto porque a veia dentro do tubo não desenvolve, e não é tão doloroso a picar porque o tubo é que é picado directamente e não a veia como acontece com a fístula.

Mas sobre isso não vou nem devo falar muito porque nunca tive um, logo, não tenho experiência em primeira mão, apenas daquilo que vi nos outros colegas de turno. Mas tenham cateter, fístula, prótese ou qualquer outro acesso, tirem lá as minhocas da cabeça... é doloroso sim! é cansativo sim! mas a alternativa é estarem mortos. Preferiam? Então vá :) força, sempre!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Caminhada lentinha de hj...


Ando com uma dor na parte inferior da perna esquerda.. fiz metade do caminho muito lentamente e nas descidas até coxeava.. a ver se descanso os proximos dias. Mas ainda apanhei umas canas mto giras e fiz um arranjo para os meus vasos que adorei :)


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

7ª Consulta : dia de alterações

Acabada de chegar de mais uma consulta, a 7ª

As analises de acordo com o que disse a nefrologista quando perguntei "estão boas", mas como pedi á nutricionista os valores, sei que aumentaram um pouco desde as ultimas da semana passada, mas mesmo assim estão mais baixos os valores em comparação com as anteriores, e como sei que é normal ocorrerem acertos e oscilaçoes e as mesmas foram ligeiras, nao me preocupo.

Baixaram um dos imunossupressores que já não baixavam desde que tive alta quase, que é advagraf, o que é positivo. Removeram o cloreto de potássio por isso tenho mesmo que me concentrar em comer fruta e legumes suficientes para nao baixarem os valores ainda mais.

Finalmente baixaram mais um pouco a cortisona, para 10mg, falta meio caminho para a dosagem de manutenção mínima que me disseram ser 5mg, espero que os efeitos neuróticos da mesma diminuam... adicionalmente e depois de falar com os médicos e enfermeiros, vou tomar uma espécie de calmante durante esta altura em que a medicação esta mais alta e eu sinto em demasia a instabilidade que a mesma causa. A ver se as insónias e oscilações emocionais acalmam...

Noticia muito boa: a próxima consulta é daqui a 15 dias!!!!

somatório da consulta, nem q seja pela baixa de medicação e aumento de tempo entre consultas (o que demonstra que tudo esta a correr bem, senão não o fariam...), positivo!

Admito q n me agrada muito tomar o calmante, mas se ajudar, e como é temporário, q seja.

A instabilidade nas reacções e respostas do meu corpo á medicação está a afectar-me com força, talvez por ser alguém que intensifica as reacções que teem e tem uma necessidade de controlar e super-analisar tudo, e nesta fase, a resposta do sistema ao que lhe é apresentado, não coincide.. e isso destabiliza-me ainda mais.

Como disse á dra, parece que ando a fazer piões mentais e emocionais... por isso e como disse, vamos experimentar o calmante e ver como corre.

E agora vou descansar q nos dias das consultas, fico de rastos... 
Bom fim de semana a todos.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Hoje n apetecia nada, mas o q tem q ser tem muita força....




Na realidade foram 6km mas é um percurso q já sei o GPS se perde mtas vezes e ouvi isso enquanto ouvia musica. Teve incluido uma rua com uma inclinação bem puxada e 105 degraus q ainda é o que me lixa mais. Apesar de menos os normais 8km foi paralelamente puxado.

Como amanhã é vespera de consulta em sta cruz, hoje quis mesmo ir caminhar apesar de ter dormido apenas 5h mal dormidas, e não dei a volta do costume porque não queria andar no percurso em questão quando já há tanta movimento e circulação da malta que começa o dia de trabalho ou whatever...

Aproveitei e fui até cascais, vi a feira a ser montada, hoje é dia de feira, e pensei... quando será que poderei ir á feira cuscar os preços escandalosos e ouvir a cigana "ohhhh meniiiinnnaaaa.." sem levar mascara? sem medos? sem receios? sem sentir que me destaco na multidão? sem minhocas no paralelo mental superior?

Em breve? espero bem que sim :)

Agora vou descansar..

Ah, ontem graças ao meu anjo e expert, master of all that is phone iphone e o carlho.... Rafa 'the master' Souto, o meu telemóvel está já desbloqueado e funcional!!! Comunicável with the world again, iupi to me!!!

Pena é q o do Tó n esteja ainda... mas estará em breve...

And now, rest...
Aproveitem o sol, está um dia bonito lá fora ;) estive quase a ir até á praia, mas queria mesmo voltar não muito além das 8h, mission accomplished!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...